Blitz News
Notícias
Notícia
Torneio de pesca movimenta R$ 2 milhões...

Torneio de pesca movimenta R$ 2 milhões na economia de Três Lagoas

Data: 06/05/2019 Fonte: www.correiodoestado.com.br

Competição é a maior do Brasil na modalidade pesque-solte do tucunaré
 

10ª edição do Torneio de Pesca Esportiva de Três Lagoas, considerado o maior eventos do gênero do Brasil na modalidade pesque-solte do tucunaré, reuniu 800 competidores de todo o País e movimentou R$ 2 milhões na economia do município. Prova principal foi realizada nesse sábado (4).

De acordo com o governo do Estado, os números demonstram avanço do esporte em Mato Grosso do Sul, que ganha força com o decreto da cota zero, a partir de 2020, nos rios das bacias do Paraguai e Paraná. A medida visa controlar e preservar o estoque pesqueiro.

Adjunto da Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Agricultura Familiar e Produção (Semagro), Ricardo Senna, representou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), que foi homenageado pelos pescadores esportivos. 

Na ocasião, presidente da Associação dos Pescadores Esportivos de Três Lagoas (APETL), Kenzo Sigaki, paulista radicado na cidade, disse que o decreto da cota zero exigiu coragem. “O governador levantou uma bandeira importante e tem o nosso apoio. Hoje, no Rio Paraná, não temos mais o peixe da bacia, devido a matança no passado”, disse.

Ricardo Senna disse que o reconhecimento fortalece a tomada de decisão do governo, que visa recuperar os recursos pesqueiros e promover a pesca esportiva para fortalecer a cadeia do turismo. Segundo ele, a pesca esportiva é um dos esportes que mais cresce no Brasil e pode ser uma alternativa para a economia do Estado.

“Não tínhamos a dimensão da grandiosidade desse torneio, que reúne amantes da pesca de todo o País, e o que presenciamos aqui demonstra que estamos no caminho certo”, afirmou o secretário adjunto.

TORNEIO

O torneio começou na sexta-feira (3), em área de influência do Balneário Municipal, abrangendo os rios Paraná, Tietê e Sucuriú. Já a prova principal teve início às 8h de sábado e consistiu em pesca embarcada, na modalidade de arremesso, sendo permitida apenas a captura de tucunaré, espécie abundante no Rio Paraná e seus afluentes. 

Competição foi realizada durante oito horas no sábado. Participaram 321 equipes (dupla ou trio) de 101 cidades e 12 estados, reunindo competidores de extremos como Manaus, Salvador e Porto Alegre.

A prova do torneio consistiu na prática da pesca embarcada, na modalidade de arremesso, sendo permitido apenas a captura de tucunaré, espécie abundante no Rio Paraná e seus afluentes. O maior peixe, de 57,5 centímetros, foi capturado pelo trio de Andradina (SP), formada por Guilherme Genovan, Glauco Cabrio e Rodrigo Minhole, mas a equipe campeã foi de Uberlândia (MG), integrada por Luciano Estevão, Ricardo Melim e Marcus Vinicius.

O próximo torneio de pesca esportiva será realizado em setembro, em Paranaíba.

Publicidade