Blitz News
Notícias
Notícia
Prefeito entrega casas para ex-moradores

Prefeitura entrega as primeiras casas construídas para ex-moradores da cidade de deus

Data: 27/11/2018

Com sorriso no rosto, suor e dedicação, as famílias da antiga comunidade Cidade de Deus receberam, nesta segunda-feira (26), as 15 primeiras unidades habitacionais do Bom Retiro, de um total de 136 que serão entregues pela Prefeitura de Campo Grande, em parceria com o Governo do Estado. “Foi a conquista de um sonho.  Pessoas que moravam na favela e estão com sua casa própria, que foram totalmente edificadas, por eles mesmos. Isso tem muito valor”, declarou o prefeito Marquinhos Trad.

Emocionada, Salete Lúcio, proprietária de uma das casas fala sobre a satisfação que teve em poder ajudar a construir sua própria casa. “Todo esse tempo foi muito difícil. Ficar de barraco em barraco, mas com a graça de Deus eu consegui conquistar minha própria casa e posso dizer que muitos tijolos desta casa, eu mesma coloquei. Isso para mim é uma alegria muito grande”, contou. Ao participar da entrega das casas, o governador Reinaldo Azambuja destacou a importância deste projeto. “É uma parceria extremamente positiva que construímos, Prefeitura e Governo do Estado. O mais importante é ver a alegria dessas pessoas, que não tinham uma moradia digna e hoje recebem uma moradia com dignidade”, afirmou. As moradias possuem 46 m² e são compostas por dois quartos, sala, cozinha, banheiro e área de serviço. Mais 32 moradias estão em fase final de construção e serão entregue conforme forem concluídas.

Sonho também do jovem casal Paloma e Samuel, que passaram 3 anos na comunidade, antes de conquistarem a moradia. “No começo, foi difícil. Antes, a gente morava num barraco de uma peça e um banheiro. Tivemos que lutar, persistir, porque sem persistir, a gente não chega a lugar nenhum. O sentimento da vitória é o melhor que tem. Estamos muito felizes”.Os ex-moradores da Cidade de Deus, 128 trabalhadores, passaram por um ano de capacitação, recebendo um salário mínimo e uma cesta básica da Prefeitura. No curso, realizado pela Fundação Social do Trabalho (Funsat), eles foram treinados para a função de pedreiro, eletricista, marceneiro, azulejista e pintor. Uma nova profissão para muitos deles. A Agência Municipal de Habitação (EMHA) fez a readequação dos projetos, possibilitando a parceria com o Governo do Estado, que financiou a compra dos materiais, com custo de R$ 4,9 milhões. Acompanharam a entrega das casas a diretora-presidente da Agência Estadual de Habitação (Agehab), Maria do Carmo Avezani, diretor-presidente da Funsat, Cleiton Franco, o diretor-presidente da Empresa Municipal de Habitação (Emha), Enéas Neto, e o deputado estadual professor Rinaldo.

Publicidade