Blitz News
Notícias
Notícia
Maior destino turístico de MS já está cheio

A uma semana do feriado, maior destino turístico de MS já está cheio

Data: 09/11/2018 Fonte: CG NEWS

Quem ainda pretende passar o próximo feriadão, a partir de dia 15 de novembro (Proclamação da República), em Bonito – a 257 km de Campo Grande –, precisa se apressar. A rede hoteleira praticamente não tem mais quartos disponíveis para a data e o município se prepara para receber um grande número de turistas na quinta-feira.

De acordo com a Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio, dos cerca de 7 mil leitos em hotéis e pousadas, 90% já estão reservados. “É uma grata surpresa termos essa data cheia. Se levarmos em parâmetro o feriado do dia 2 (Finados), a cidade estava bem cheia, agora a rede hoteleira está lotada”, comenta o secretário Augusto Barbosa Mariano.

Segundo ele, ainda estão fora dessa conta o número de casas ou quartos alugados, pessoas que visitam os familiares e outros tipos de acomodações, como o AirBnB, plataforma digital de hospedagem. “As famílias redescobriram Bonito, são muitos casais com filhos, fatores positivos que vão além da importância da economia local”, diz Mariano.

Segundo ele, o município tem uma estrutura preparada para transporte, turismo, hotel e gastronomia, impulsionando a economia local. A cadeia movimenta cerca de 6,5 mil trabalhadores com carteira assinada de forma direta. “Fora os que estão indiretamente, como à senhora que vende o pão caseiro para o hotel. Para você ter uma ideia, a maior empregadora do município é a prefeitura. A segunda é o Hotel Zagaia”, completa.

O Zagaia tem 600 leitos e já está com toda a capacidade reservada para a partir de quinta-feira, segundo Regina Aivy, responsável pelo atendimento de reservas do estabelecimento.

A Pousada Guarany, que funciona como clube da rede Candeias durante a alta temporada, também não tem mais vagas. “Todos os feriados os quartos são lotados”, comenta o gerente Edson Luiz Soares.

Em consulta ao Trivago, site de busca e comparador de preços, aponta que a hospedagem mais barata para quarto individual é de R$ 57 a diária no hotel Los Hermanos. As diárias para casal mais em conta são no Hotel Bonito Experience, por R$ 125, e Hotel Ecological Expeditions, R$ 130.

Mas não são apenas os hotéis e pousadas que se preparam para a alta temporada. Os donos de bares e restaurantes também se mobilizam para que nada falte durante o período. Segundo o gerente do Restaurante O Casarão, Daniel Alves, diz que o local precisa dobrar o estoque, principalmente de alimentos, como peixe, carne e sobremesas. “A equipe está preparada”, diz.

Quem vai para Bonito tem como opção aproximadamente 80 atrativos. Os mais procurados são a Gruta do Lago Azul e os flutuação. A Praia da Figueira é uma das atrações mais baratas, onde o turista pode mergulhar e se alimentar nos quiosques sem precisar saída d’água. O custo é de R$ 65 por pessoa.

As grutas de São Mateus e São Miguel também são opções para quem pretende conhecer as cavernas. O custo é de R$ 65 em cada. O Balneário Municipal é um dos locais mais procurados para quem quer se refrescar e não pretende gastar. O valor é de R$ 36 por pessoa.

Entre os mais caros está o Abismo Anhumas, com direito a rapel de 72 metros por uma fenda na rocha e flutuação subaquática. O investimento é de R$ 910 por pessoa. O mergulho no Abismo Anhumas, também com direito a rapel, é de R$ 1.028.

Nas opções de passeio também estão o aquário natural, tirolesas, cachoeiras, trilhas ecológicas, bóia cross, o Buraco das Araras, cavalgadas, passeios de botes, quadriciclos, rapel, entre outros.

Para quem pretende chegar ao município de avião partindo de Campinas (SP), a Azul Linhas Aéreas está oferecendo passagens para quarta-feira por R$ 819,10 e sexta-feira por R$ 709,10. A chegada é sempre por volta das 12h30.

Já quem prefere ir por terra, são três alternativas. A primeira delas é van. A Vanzella Transportes é a que mais oferece horários no trecho Campo Grande/Bonito, com custo de R$ 80 por pessoa. Os veículos saem da Capital diariamente às 10h, 11h30, 14h30, 16h30, 19h e 23h.

Pela viação de ônibus Cruzeiro do Sul, as passagens para o feriado custam R$ 63,11 com saída da Capital às 8h, 13h e 16h, levando em torno de quatro horas para fazer o percurso.

Já para quem vai de carro, o caminho mais indicado saindo de Campo Grande é pegar a BR-060, saída para Sidrolândia, passando por Nioaque, a BR-419 até chegar em Guia Lopes da Laguna, onde entrará na MS-382 e por fim na MS-178 até chegar ao destino final. Quem parte de Aquidauana, por exemplo, pode usar a BR-419 e posteriormente a MS-345. Quem parte de Corumbá pode chegar ao município saindo pela BR-262, depois acessando a MS-339 e a MS-178.

Publicidade