Blitz News
Notícias
Notícia
Samsung lança Galaxy Tab S4, rival do iPad

Samsung lança Galaxy Tab S4, rival do iPad, com reconhecimento facial

Data: 03/10/2018 Fonte: Exame

A Samsung lança nesta semana dois novos tablets com sistema Android 8 Oreo no mercado brasileiro. O rival do iPad é o Galaxy Tab S4, que reúne recursos como processador Snapdragon 835 (topo de linha da Qualcomm em 2017) e a caneta inteligente S-Pen. Seu preço sugerido é de 4.299 reais. O segundo modelo é o Galaxy Tab A 10,5 polegadas com preço sugerido de 2.199 reais e configuração de hardware mais modesta. Nenhum dos tablets tem o botão início, presente, por exemplo, em todos os iPads. Sem o componente, que já abrigou em gerações passadas o sensor de impressões digitais, os aparelhos têm desbloqueio por reconhecimento facial e íris. A autenticação biométrica é a mesma usada pela sul-coreana nos smartphones topo de linha Galaxy S9 e Note9, lançados neste ano. Em vez de usar apenas o reconhecimento facial ou apenas a detecção de íris, há uma combinação dos sensores, função chamada Leitura Inteligente, para aumentar a velocidade e a segurança do desbloqueio da tela.

Em ambos produtos, a Samsung colocou o sistema de som do produto tem quatro alto-falantes com tecnologia da AKG (subsidiária da Harman, que pertence à Samsung) tem um recurso de detecção e compensação de som em diferentes modo de uso (retrato ou paisagem). A bateria dos aparelhos tem capacidade de 7.300 mAh, mais do que o dobro da média de 3.000 mAh dos smartphones. Por conta disso, a fabricante também  oferece tecnologia de recarga rápida de bateria. Com esse conjunto, os dois produtos têm vocação para reprodução de filmes e séries, mas o S4 é o mais versátil para ser usado também para trabalho devido ao seu processador mais sofisticado. Enquanto o Tab A vem com o intermediário Snapdragon 450, o S4 vem chipset topo de linha e também mais memória RAM e armazenamento–são 4 GB e 64 GB contra 3 GB e 32 GB.

O tamanho de tela dos aparelhos é de 10,5 polegadas, mas a resolução é mais alta no Galaxy Tab S4 do que no A. São 2560 por 1600 pixels no primeiro e 1920 por 1200 pixels no segundo. Com proporção de tela mais esticada do que o padrão 16:9, os tablets são mais compridos do que seus antecessores e também do que o iPad, da Apple. Vale notar que é possível usar dois aplicativos ao mesmo tempo para tirar proveito do tamanho do display. Fora isso, especificamente o Tab S4 pode ser usado no modo DeX, que o transforma em um notebook, desde que você tenha mouse e teclado sem fio à disposição. Esse modo pode ser ativado via software, nas configurações do sistema do aparelho. Outra diferença entre os dois tablets é encontrada no design: enquanto o S4 tem revestimento de vidro e metal, o Tab A tem revestimento emborrachado.

A caneta inteligente S-Pen, antes exclusiva da linha Note, agora chega à linha premium de tablets da Samsung. Ela tem 9,2 mm de diâmetro, parecido com o de uma caneta comum. Diferentemente do que acontece nos smartphones da linha Note, não é possível acoplar a S-Pen ao corpo do S4, o que, por outro lado, permite que ela seja maior. Os recursos que ela oferece são parecidos com os os mesmos do Note8, do ano passado. O Bluetooth não está disponível na caneta, recurso exclusivo dos aparelhos Note9, deste ano. A S-Pen permite, portanto, tradução simultânea de textos em até 71 línguas, conversão de unidades de medida, escrita, desenho e criação de notas sem precisar desbloquear a tela. Além da Apple, com o iPad, a Samsung é a única entre as grandes empresas de tecnologia que persiste neste ano no segmento de tablets no Brasil. Ainda assim, o mercado de tablets cresceu 37% em valor e 47% em unidades nos últimos 12 meses, segundo dados da consultoria GfK.

Junto com os novos tablets, seguindo uma tendência de mercado puxada pela Microsoft, com o Surface, e pela Apple nos Estados Unidos, a Samsung lança também um teclado que se acopla ao Tab S4 por magnetismo. Com ele, aliado ao modo DeX, o usuário pode digitar como em um notebook, mas com acesso aos apps do ecossistema Android. Vale notar que o Tab A 10,5 não tem compatibilidade com esse acessório, cujo preço sugerido é de 699 reais. Além dos aplicativos que a Samsung coloca na maioria dos seus dispositivos, como os da Microsoft e alguns próprios, os tablets chegam com jogos e apps da Lego pré-instalados. A proposta é oferecer uma experiência de uso compartilhado do dispositivo. Especialmente o Tab A 10,5, a fabricante promove o lançamento como “o tablet para toda a família”.

Publicidade