Blitz News
Notícias
Gastronomia
Ovo: como escolher? Como guardar? Como testar?

Ovo: como escolher? Como guardar? Como testar?

Data: 18/07/2018

COMO ESCOLHER

Verifique a data de fabricação e procure os mais recentes que houver. Se perceber rachaduras, não os compre, porque bactérias podem entrar pelas fissuras.

A cor da casca não faz diferença, ela varia de acordo com a raça da galinha. Já a cor da gema depende do que ela come — mas um amarelo forte ou um alaranjado não significam necessariamente que a ave encheu o papo de milho, mamão ou abóbora, porque os criadores podem adicionar pigmentos à ração para colorir a gema de acordo com o que acreditam ser o gosto do freguês.

Como critério de escolha, há ainda o modo de criação. Nos mercados, você vai achar, além dos ovos de granja, rótulos que indicam ovos caipiras (de sistema de criação de ave extensivo ou semiextensivo), orgânicos, de galinhas livres de gaiolas, de galinhas que dão saidinhas… Segundo Helenice Mazzuco, pesquisadora da Embrapa Aves e Suínos, o único jeito de distingui-los é mesmo pelo rótulo: “Não existe diferença visual entre o ovo do sítio da avó e um comprado no supermercado”.

COMO GUARDAR

Na geladeira, eles duram mais.

De preferência, mantenha-os na caixa, em uma prateleira, e não na porta, onde ficam expostos a variações de temperatura e choques provocados pelo abre-e-fecha constante.

Evite deixá-los perto de alimentos com cheiro forte, porque a casca porosa permite trocas gasosas (e a entrada de odor).

COMO TESTAR

Se o ovo estiver com a casca rachada, descarte-o de cara.

Coloque os ovos de casca íntegra em uma tigela com água. Se flutuarem, não estão frescos — com o passar do tempo, a umidade e o gás carbônico do interior do ovo vão saindo e abrindo espaço para a entrada de ar, que se acumula em uma câmara interna.

Nunca abra um ovo direto na panela ou na tigela com outros ingredientes. Quebre-o primeiro em uma tigela pequena, cheire para sentir se tem algum odor desagradável e só depois o junte ao preparo.

Publicidade