Blitz News
Notícias
Saúde
Alimentação saudável ameniza os sintomas da asma

Alimentação saudável pode amenizar os sintomas da asma, diz estudo

Data: 17/07/2018

Um dieta balanceada, baseada em grãos, vegetais e frutas, pode ajudar a amenizar os sintomas da asma, assim como melhorar o controle da condição, de acordo com um novo estudo publicado na plataforma científica European Respiratory Journal.

O estudo entitulado "Associações entre dieta e os sintomas da asma e o controle da asma em adultos" (em tradução livre) revelou que a dieta é um dos fatores-chave doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, câncer, entre outras, e também para os sintomas da asma, condição que atinge quase 20 milhões de brasileiros, de acordo com dados do Ministério da Saúde e do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Asma é uma doença crônica que não tem cura. Uma pessoa com asma tem sua respiração comprometida porque os brônquios (tubos que levam o ar para dentro dos pulmões e o gás carbônico para fora) sofrem inflamações e se contraem, reduzindo então o espaço para a passagem do ar.

Os pesquisadores analisaram dados sobre a respiração de mais de 35 mil adultos franceses. Entre ele, 28% das mulheres e 25% dos homens tinham ao menos um sintoma de asma. Todos os participantes tiveram de responder um questionário sobre sua respiração e estilo de vida ao longo de um ano.

Após ajustarem outros fatores, como tabagismo e atividade física, os pesquisadores encontraram uma relação direta entre a asma e o hábito alimentar. Os sintomas mais comuns da asma, como a falta de ar, tosse seca e chiado, eram mais controlados entre os franceses que seguiam uma dieta saudável, rica em vegetais, frutas e fibras.

"Frutas, vegetais e alimentos ricos em fibras contêm propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias, os principais elementos que ajudam a controlar os sintomas da asma", disse o pesquisador que liderou o estudo, Dr. Roland Andrianasolo, do Nutritional Epidemiology Research Team e professor da Université Paris 13.

Por outro lado, dietas ricas em carne vermelha, sal e açúcar agravam os sintomas da condição. "Estas comidas podem causar inflamações, que podem potencializar os sintomas da asma."

Um estudo de 2013 já alertava sobre o perigo da dieta baseada em fast-food. Segundo o relatório publicado na Science Translation Medicine, o hábito de comer fast-food três vezes ou mais por semana está associado ao aumento de 39% do risco de desenvolver asma severa em adolescentes e 25% mais chances entre crianças. Por outro lado, comer frutas ao menos 3 vezes por semana pode diminuir em 11% a prevalência de asma severa em adolescentes e crianças.

Publicidade