Blitz News
Notícias
Entretenimento
Detalhes da segunda parte de La Casa de Papel.

Detalhes da segunda parte de La Casa de Papel.

Data: 06/04/2018

Desavenças, explosão, morte e sequestrador feito de refém. Os novos episódios da série La Casa de Papel, que estreiam nesta sexta-feira (6), na Netflix, prometem uma temporada instigante. "As coisas vão ficar muito feias. Não sou de ficar quieta, saio metendo bala", avisa a personagem Tokio no novo trailer da série espanhola que conquistou o mundo com personagens cativantes e trilha sonora sedutora.

Já se passam das 80 horas de assalto, quando o primeiro episódio - visto pelo CORREIO - dá pistas do que está por vir. O grupo de reféns e assaltantes liderado pelo Professor continua confinado na Casa da Moeda da Espanha, em Madri, alimentando a esperança da riqueza e da liberdade. O desejo de alcançar um plano perfeito e sair ileso com 2,4 bilhões de euros no bolso contrasta com um elemento humano que pode virar o maior problema de todos: a luta pela sobrevivência.

Enquanto lidam com a incerteza de um final feliz, os oito especialistas do crime (Tokio, Nairobi, Rio, Berlin, Helsinki, Oslo, Denver e Moscow) se preparam para executar o Plano Chernobyl. É "o começo do fim do roubo", narra Tokio, que aparece cada vez mais impetuosa e decidida a não se render, caso o jogo psicológico entre o Professor e a Detetive Raquel Murillo não termine bem.

A temporada anterior termina com a identidade do Professor e do seu grupo prestes a ser descoberta pela equipe de 30 policiais forenses que está empenhada em pegar os assaltantes. Com promessa de armadilha por parte da polícia espanhola, o líder do roubo continua tentando ganhar tempo para realizar seu plano "perfeito" de explorar ao máximo a máquina de fazer dinheiro, cuja capacidade de imprimir 8 milhões de cédulas por hora é bem sedutora.

Com personagens demasiadamente humanos e cheios de falhas, La Casa de Papel faz com que o telespectador acabe torcendo para mocinhos e bandidos, chegando a se apaixonar pelas imperfeições dos sequestradores. Seria a síndrome de Estocolmo? Talvez a segunda parte da série consiga responder.

Antes de sentar no sofá para maratonar, um aviso: a Netflix negou que produzirá uma nova temporada de La Casa de Papel. Ou seja: agora é a hora de resolver as questões que ficaram sem resposta. Quais evidências Raquel vai encontrar na mansão? O plano do Professor é realmente perfeito? Hora de descobrir. Boa temporada.

Publicidade