Blitz News
Notícias
Notícia
Motolâncias reforçam o atendimento do SAMU em CG.

Motolâncias reforçam o atendimento do SAMU em Campo Grande.

Data: 17/11/2017

A partir de dezembro, a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Campo Grande passará a contar com o reforço de duas motocicletas equipadas com kit de atendimento médico básico. As chamadas “motolâncias” estão em processo de habilitação e os profissionais sendo treinados para garantir o atendimento mais ágil à população. Os veículos foram doados pelo Ministério da Saúde em 2009 e estavam passíveis de devolução se não iniciassem a operacionalização.

“É uma conquista para Campo Grande e para a população que vai contar com este tipo de atendimento com agilidade e segurança. Vencemos todas as etapas burocráticas, alinhamento de equipe e outras questões que barravam que este serviço fosse executo pelo SAMU de Campo Grande, é um dos melhores do país”, comentou o secretário de Saúde, Marcelo Luiz Brandão Vilela.

O processo de devolução foi suspenso no início do ano, por meio da intervenção da Secretaria Municipal de Saúde (SESAU), que vê com extrema importância e necessidade que estes veículos atuem nos atendimentos emergenciais. Desde então, os trâmites como seguros, certificados e a parceria para treinamento dos profissionais que vão pilotar as motos fosse celebrado.

Os técnicos de enfermagem e enfermeiros em processo de habilitação para conduzir os veículos pelas ruas da Capital estão sendo treinados pelo Batalhão de Polícia Militar de Trânsito (BPTran) de Campo Grande. Estes profissionais, além de serem os responsáveis por socorrer inicialmente quem necessita, precisam preservar a própria vida e a de outros motoristas enquanto trafegam, por isso esse treinamento é necessário.

As motolâncias são utilizadas por serem mais rápidas do que as ambulâncias convencionais e contêm os principais materiais de primeiros socorros para auxiliar as vítimas de acidentes de trânsito, atropelamentos e problemas agudos de saúde antes da chegada do Veículo de Suporte Básico ou Avançado.

Para o coordenador do SAMU 192 de Campo Grande, André Brito, as motolâncias são importantes, pois garantem primeiro socorro nos minutos inicias e cruciais da ocorrência. “Quando se trata de atendimento de emergência, os primeiros minutos são cruciais para preservar a vida do paciente e as motolâncias chegam aos locais com muito mais agilidade, enquanto as ambulâncias convencionais também estão se deslocando”, garantiu.

Inicialmente, as motolâncias vão atender as ocorrências durante meio período do dia e com o apoio do comando do BPTran. Após os primeiros meses de operação, o funcionamento será ampliado.

Publicidade