Blitz News
Notícias
Notícia
Sonho de campeão levará recreação às crianças.

Projeto sonho de campeão levará recreação e esporte às crianças das unidades de acolhimento

Data: 06/10/2017

O prefeito Marquinhos Trad e a vice-prefeita Adriane Lopes lançaram nesta quinta-feira (5) o projeto Sonho de Campeão. Por meio de uma parceria da Secretaria Municipal de Assistência Social (SAS) e da Fundação Municipal de Esportes (Funesp), crianças e adolescentes acolhidas nas Unidades de Acolhimento Institucional da prefeitura serão assistidas com atividades recreativas e esportivas.

Com início previsto para o dia 7 de outubro, as atividades serão desenvolvidas aos sábados, no período matutino – das 8h30 às 10h30, no Centro Municipal de Treinamento Esportivo, no Carandá Bosque.  Serão oferecidas as modalidades esportivas de luta, basquete, vôlei, natação e futsal.

A iniciativa vai atender cerca de 40 crianças que hoje estão nas Unidades de Acolhimento II, III e IV, de ambos os sexos, com faixa etária de 4 a 17 anos e 11 meses. Essas crianças e adolescentes se encontram em situação de abandono, ameaça ou violação de direitos e em situação de risco pessoal ou social, cujas famílias ou responsáveis encontram-se temporariamente impossibilitados de cumprir sua função de cuidado e proteção.

Para o prefeito, o projeto permitirá a elas um resgate dos sonhos que muitas vezes foram adormecidos pelas condições de vulnerabilidade nas quais foram colocadas. “Por medida protetiva, essas crianças que estão sob tutela do município só podem sair das unidades para a escola. Muitas se esqueceram inclusive da diferença dos dias de semana e de um final de semana. Mas agora elas terão um sábado especial todas as semanas, num local onde serão acolhidas com amor e lá desenvolverão suas habilidades e poderão descobrir sua força e potencial”, considera Marquinhos.

Idealizadora do projeto, a vice-prefeita relata que procurou a Justiça e o Ministério Público para apresentar a ideia e as entidades também entenderam que essa seria uma oportunidade para que essas crianças e adolescentes pudessem resgatar um pouco dos sonhos que por diversas circunstâncias lhe foram privados.

“Essas crianças estão sob a guarda da justiça e sob a responsabilidade da prefeitura e muitas já passaram inclusive da fase mais fácil para adoção. Identificamos que,  principalmente no fim de semana, quando não vão as escolas, elas ficam isoladas nas unidades. Perguntamos quais seriam as modalidades que gostariam de praticar. Essas crianças precisam da nossa atenção e de um olhar especial. É isso que estamos buscando fazer e neste projeto contamos com a apoio da SAS e Funesp, que vestiram a camisa junto conosco e certamente terão todo o cuidado para acolher a todas elas”, justifica Adriane Lopes.

O diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra, espera que as atividades que serão desenvolvidas já a partir desta semana no Centro Esportivo possam marcar positivamente a vida dessas crianças e adolescentes neste momento frágil de suas vidas.

“Elas serão acolhidas de tal maneira que passarão a semana toda esperando chegar o sábado, pois ali serão recebidas com amor e por professores dedicados a transformar a vida de cada uma dessas pessoas. Confesso que de todos os projetos desenvolvidos nestes 10 meses de gestão este sem dúvida é uma das ações mais especiais, já que para muitas delas significa talvez a única oportunidade de resgatar seus sonhos adormecidos. Se chama campeão não focado no preparo para os títulos, mas na certeza de homenagear esses pequenos cidadãos que já são campeões da vida, pela força de enfrentarem todas as adversidades que lhe foram impostas”, disse Terra.

As Unidades de Acolhimento, vinculadas a Secretaria municipal de Assistência Social, têm como princípio oferecer o acolhimento num ambiente afetuoso, educacional, social e facilitador de ações promotoras para o desenvolvimento saudável, bem como atender as necessidades básicas de alimentação, higienização, saúde, vestuário, moradia e segurança.

Para o titular da SAS, José Mario Antunes da Silva, o projeto será uma oportunidade para que essas crianças e adolescentes desenvolvam suas habilidades. “Elas apontaram as atividades que gostariam de ter e estão ansiosas para que as aulas comecem logo. A gestão municipal tem amparado essas pessoas de uma maneira diferente e certamente elas mesmas já conseguem sentir esse carinho e respeito. Estão recebendo de volta sua dignidade, através da garantia de seus direitos ao esporte e ao lazer”, pontua.

A cerimônia de lançamento do projeto Sonho de Campeão contou com a presença da secretária municipal de Educação, Ilza Mateus; da subsecretária de Políticas para a Mulher, Carla Stephanini; além dos professores que serão responsáveis pelas aulas das cinco modalidades esportivas.

Publicidade