Blitz News
Notícias
Esporte
Mengo coloca + um vexame em Liberta para sua lista

Vexame na Libertadores é o maior golpe em projeto de um novo Flamengo

Data: 18/05/2017

A eliminação do Flamengo ainda na fase de grupos da Conmebol Libertadores Bridgestone veio como um balde de água fria para os torcedores do Rubro-Negro, considerado um dos favoritos na competição. Porém, o filme não é novo. Os flamenguistas já amargaram outras desclassificações frustrantes ao longo deste século.

Após a noite da última quarta-feira (17 de maio), as quedas logo na primeira fase da competição somam um histórico de quatro vezes apenas no século XXI. Em plena era de ‘ostentação’ com a ISL, em 2002, o Rubro-Negro caiu como lanterna do grupo e com nomes como Felipe Melo, Juninho Paulista e o ídolo Petkovic. A campanha contou com quatro derrotas, uma vitória e um empate.

Em 2012, após vencer a Copa do Brasil, a eliminação foi na mesma fase, com destaque para a partida contra o Olímpia (PAR) no Engenhão, onde o time carioca abriu 3 a 0 e tomou um empate em 13 minutos. A outra eliminação ainda na primeira etapa havia sido em 2014, contra o León, na última rodada e com o Maracanã lotado.

Outros casos também são para ‘apagar’ da memória dos rubro-negros. Em 2008, após se classificar com a melhor campanha do grupo, caiu nas oitavas de final. O Flamengo havia vencido o América do México por 4 a 2 fora de casa, mas “relaxou” no jogo de volta e perdeu por 3 a 0, deixando o torneio. Outra ‘zebra’ marcou a história recente do time. Em 2007, o Defensor Sporting arrancou duas vitórias em cima da equipe brasileira, 3 a 0 em casa e 2 a 0 no Maracanã, eliminando os rivais nas oitavas de final.

Nem mesmo o “império do amor”, formado por Vágner Love e Adriano, se livrou de um vexame no torneio. Em 2010, o time foi eliminado nas quartas de final pela Universidad do Chile em derrota por 3 a 2 no Maracanã e com atuação fraca. A vitória por 2 a 1 em Santiago com gols marcados pela dupla não foi suficiente para garantir a classificação.

Publicidade
Publicidade